Artigos
O que escrevemos

Corpo e Mente

Agora que Setembro chegou começa a emergir aquela agitação e aquele stress do regresso às aulas e do regresso ao trabalho.

Para muitos pais e filhos esta altura do ano é um autêntico drama, pois as aulas ainda não começaram, as crianças habituadas a estar com os pais de manhã à noite sentem agora a sua falta e ficam mais irrequietas, outros sentem uma certa irritabilidade por já não terem aquele tempo livre que tão bem lhes sabia, e outros ficam melancólicos por regressarem às rotinas e às correrias do dia-a-dia.

Porém, a vida é um ciclo, e como tudo, esta é uma fase que passa e sem dar por isso rapidamente está no Natal e logo de seguida no Verão.

Não é por esta fase ser menos fácil, que vamos ser infelizes por causa disso. Repare, para uns o Inverno é estar aborrecido fechado em casa. Para outros é tempo de esquiar e de fazer bolos em família!

Cada fase tem o seu encanto, é só uma questão de o descobrirmos! É o que vai aprender neste vídeo! Como descobrir o encanto desta fase e torna-la num estádio de alegria e de felicidade.

s1e16 regresso as aulas

Clique na imagem para ver o vídeo.

Aproveitamos também esta edição para agradecer uma vez mais à Escola Pedro Santarém, em Benfica, em Lisboa, à qual agradecemos a receptividade que nos permitiu gravar este vídeo repleto de dicas para vós, bem como à Sr.ª Professora Maria João Gama pela sua amabilidade e disponibilidade na produção deste vídeo.

Desfrutem!

Depois de já terem acertado os vossos relógios com a mudança para o horário de verão (pode ver o 6º vídeo sobre este tema aqui), vimos desta vez comemorar um outro tempo – o aniversário da parceria entre Sofia Lobo Cera e o Centro Pré e Pós Parto de Lisboa!

Há 10 anos que damos workshops no Centro Pré e Pós Parto e ajudamos as mamãs e papás com os quartos dos mais pequenos, aplicando assim as técnicas de Feng Shui aos seus quartos.

Para assinalar este momento feliz, o 7º vídeo da série de Feng Shui “Casa Organizada Vida Equilibrada” de Sofia Lobo Cera, foi gravado no Centro Pré e Pós Parto, onde aproveitámos também para dar umas dicas sobre fertilidade, isto é, como é que o Feng Shui pode ajudar os casais neste âmbito.

O 8º vídeo sairá também ainda em Maio, e está recheado de dicas muito úteis! Fiquem atentos ao nosso canal oficial do YouTube. Para quem ainda não o subscreveu, tem aqui a oportunidade de o fazer!

https://www.youtube.com/c/SofiaLoboCeraConsultoraProfissionaldeFengShui

nl201904 S1E07

 

Em Maio, iremos celebrar outra data comemorativa. O que será? Fique connosco para saber o que aí vem!

Votos de boas energias,

Este é o tempo em que as flores e as árvores começam a mostrar os primeiros rebentos e os aromas da Natureza começam a sentir-se no ar! A 4 de Fevereiro dá-se então o Lap Chun ou Li Cun para os chineses, ou seja, o início da Primavera.
Entramos assim na energia Árvore do Ciclo dos Cinco Elementos, caracterizada pelo ímpeto, crescimento, inovação, novos projetos, futurismo, determinação em direção ao que se quer, e ao exercício físico. À semelhança das plantas que começam agora a despontar, também nós sentimos essa energia potencial e uma saudável agitação.
Por esta razão, muitas pessoas nesta altura do ano começam a pensar no exercício físico, não só para estarem impecáveis para o Verão, mas também porque a envolvente exterior as chama para isso. Mas, segundo o Feng Shui, o que poderá ajudá-la a manter-se em forma, mais fit, mais saudável, e em consequência, com melhor energia e bom humor?
Os dias começam a ficar cada vez maiores, tornam-se bonitos e convidativos, e depois de uns meses rigorosos de Inverno, o que sabe bem é sair e apanhar ar!

Para quem precisa de um empurrãozinho...

Para quem precisa de um empurrãozinho para acompanhar a energia da estação, apresentamos aqui algumas dicas de Feng Shui que lhe vão dar mais ânimo e conseguir assim ficar em forma. Quer experimentar? Já muitos clientes aplicaram estas sugestões e todos eles me disseram “fantástico Sofia, consegui!”
Vamos lá então!

Na Primavera as flores e as árvores começam a mostrar os primeiros rebentos e os cheiros das flores começam a sentir-se no ar! A 4 de Fevereiro deu-se então o Lap Chun ou Li Cun para os chineses, ou seja, o início da Primavera.

Nesta altura do ano, entra-se na energia Árvore do Ciclo dos Cinco Elementos, caracterizada pelo ímpeto, crescimento, inovação, novos projetos, futurismo, determinação em direção ao que se quer, e ao exercício físico. À semelhança das plantas que começam agora a crescer, também nós sentimos essa energia potencial e uma saudável agitação.

Por esta razão, muitas pessoas nesta altura do ano começam a pensar no exercício físico, não só para estarem impecáveis para o Verão, mas também porque a envolvente exterior as chama para isso. Mas, segundo o Feng Shui, o que poderá ajudá-la a manter-se em forma, mais fit, mais saudável, e consecutivamente com melhor energia e bom humor?

É sobre isso que lhe falamos no 3º vídeo da série Casa Organizada Vida Equilibrada!

nl201902 videofevereiro2

Sorrir na Praia

Nesta altura do ano, quando olhamos à nossa volta, é frequente encontrarmos algumas pessoas com mau semblante, irritadas, deixando transparecer algum desconforto ou algum conflito com o dia-a-dia. Outros, assumem ainda uma postura mais rude e são pouco simpáticos nos cafés, nas lojas, nas ruas, no trabalho, quase como se todos lhes devessem e ninguém lhes pagasse. Já reparou nisso?

Nesta altura do ano, a energia deixou o seu lado Fogo, passou por uma altura de transição de energia Solo, e entrou recentemente na energia Metal (Ciclo das Cinco Transformações), o que faz com que as pessoas em geral deixem o seu lado mais eufórico e extrovertido típicos de energia Fogo, e se tornem um pouco mais sisudas e mais isoladas, comportamentos característicos da energia Metal.

Esta transição quando é feita de um modo mais brusco, sem qualquer adaptação, pode tornar-se menos fácil, e as pessoas ao invés de ficarem mais calmas e recatadas, tornam-se mais explosivas, com uma energia Árvore em desequilíbrio.

Hoje em dia há cada vez mais alimentos sem sementes onde até, por vezes (!), se praticam preços mais elevados: “Uvas sem grainha”; “Tangerinas sem caroços”; “Batatas que não grelam”; e por aí em diante. Mas será que se nos alimentarmos a partir de produtos sem sementes virão daí alguns benefícios para os consumidores?

Embora possa ser muito prático e até agradável à vista, não nos é certamente mais interessante.

A semente contem uma elevada dose energética, pois nela está contida toda a força propulsora para que, quando lançada à terra, se transforme em Vida. É como uma dose de vitalidade concentrada.

Feng Shui e o som

Olá a todos!!

Espero que se encontrem todos bem e que as vossas férias tenham sido ótimas e que as tenham aproveitado para recarregar as vossas baterias com energias positivas!

E depois de recarregadas, há que as manter para que se mantenham em boas condições até às férias seguintes.

Com as energias em alta, tudo flui mais facilmente na nossa vida, pois temos outra energia, outro ímpeto que nos faz vibrar e andar para a frente. Esta vibração que sentimos, é energia e esta pode ser mantida e até estimulada de muitas formas, como por exemplo, pelo movimento e pelo som. Quem é que nunca ouviu uma música que o fez vibrar, sentir-se otimamente bem e lhe deu imenso “power” para fazer tudo?

Paz

Como conseguir paz?

Perguntam muitos de vós depois de dias extenuantes, com pessoas que só vos aborrecem, com os pequenos aos berros quando chegam a casa. Onde e como vamos encontrar paz?

A resposta parece complexa, mas não é.

Uma das formas de encontrar paz é em nós, no nosso eu, no nosso coração, no nosso pensamento, na energia que pomos nas coisas e transmitimos aos outros e ao Universo.

Todos podemos ser criativos!

Será talvez um lugar comum afirmar que a Criatividade é a chave do Universo, a mãe de todo o desenvolvimento, a razão pela qual chegámos a esta forma de vida, com casas, pastilhas elásticas, carros, coca-cola, imagens que correm o mundo em frações de segundo e máquinas de fazer máquinas de toda a ordem.

Alguém sonhou, alguém criou! E a Humanidade segue o seu trajeto numa espera constante de que novos rasgos de imaginação criem novos confortos e novas expectativas que irão continuar a alimentar, a seduzir este mundo “coletivo”, global.

E nós? Não temos também o direito, senão a obrigação, de ser também criativos, no mínimo à dimensão da nossa “pequenez”?

8 dicas

1 - Organize o seu dia e o seu trabalho estabelecendo prioridades. Trabalhar infinitamente, sem planeamento, sem gestão de tempo para si e para a família, desgasta-o.

2 - Sono – Depois de um dia já organizado e consequentemente produtivo prepare-se para dormir. Um ambiente calmo e disciplina para dormir as oito horas necessárias são os condimentos para acordar bem disposta(o).

3 - Planeie na véspera o dia seguinte. Depois de dormir bem, respeite a agenda. A correria gera imprevistos que atrapalham os  dias e deixam-nos irritados.

Férias

Quando finalmente chega o último dia de trabalho antes de irmos de férias, surgem por vezes milhentos problemas e preocupações que fazem com que as nossas férias comecem logo em stress e com uma camada de irritação em cima, que por vezes ainda leva uns dias a sair. Ou muitas das vezes, o cansaço acumulado é tanto, que nos custa começar a relaxar.
No entanto, tal como a nossa vida, as férias são curtas e portanto não as podemos desperdiçar a pensar em coisas que não vamos poder resolver.

Otimista

Uma atitude positiva faz toda a diferença na nossa vida, no nosso caminho e até nas coisas mais simples do dia-a-dia. A forma como encaramos a vida, irá torná-la mais fácil ou mais difícil. O modo como nos expressamos, pensamos e agimos tem automaticamente uma influência directa.

Há algum tempo atrás, falava-se no telejornal sobre optimismo. Ser-se optimista faz toda a diferença. Frequentemente falo sobre isto com as pessoas que me rodeiam. É importante sermos positivos!

É certo que o cenário à nossa volta não é animador, mas se ao invés de colocarmos um sorriso e arregaçar as mangas para continuarmos a fazer por nós, assumimos uma atitude derrotista e enfiamos a cabeça na areia, a nossa vida não vai melhorar de certeza. Em vez de ficarmos tristes, revoltados, usemos essa força para seguir em frente. Ao colocar um sorriso, ao adoptar uma postura humanista, simpática para quem nos rodeia, e sobretudo acreditar e confiar em nós e num futuro melhor, é certo que se vive muito melhor! Experimente!

Flores de amor

São conturbados os tempos que atravessamos. A ambição e a prepotência alastraram como doença ruim e os conflitos cruzam meridianos.
A Humanidade está sedenta de uma gota de paz, de um abraço de amor, de um gesto solidário, de um raio de alegria. Estas são as plantas e as flores do Jardim do Universo.
E cada Homem, todos os Homens, têm dentro de si um pouco desse jardim para cuidar. Têm no coração a terra onde germinam as plantas, na mente a inteligência para as fazer crescer, nas olhos e nos lábios os meios e a forma de as difundir para que o sangue e a seiva de outros Homens as recolham e as multipliquem.
É pois necessário que em cada manhã cuidemos da nossa parte do jardim. E que ao longo do dia cada gesto seja uma planta, cada sorriso uma flor que vamos deixando à nossa volta. Tantas deixaremos que muitas, muitas irão crescer.
E teremos um Jardim… E a felicidade de o percorrer…

Falando consigo próprio

Quando fala para si mesmo, nesse diálogo interior, que “Eu” costuma usar? E como? Normalmente as pessoas não falam com a sua divindade, mas para os aspectos mais superficiais da sua personalidade quotidiana. E muitas vezes passa por um fluxo de medos, queixas e repetição mecânica de coisas velhas e passadas. Se falarmos dessa mesma forma com outro ser humano, e quem sabe se teremos o direito de incomodar ou invadir os outros com as nossas preocupações, teríamos que lhe pedir desculpas pelo teor do discurso.

X

sofialobocera.com

No right click